Brooklyn Botanic Garden

Brooklyn Botanic Garden é o jardim botânico do Brooklyn, em Nova York, um dos mais importantes do país

Brooklyn Botanic Garden por Shinya Suzuki (https://www.flickr.com/photos/shinyasuzuki/)

Endereço: 
990 Washington Ave, Brooklyn, NY 11225, EUA

Um dos principais jardins botânicos dos Estados Unidos, o Brooklyn Botanic Garden se tornou nos últimos anos um dos pontos turísticos mais visitados da região do Brooklyn, recebendo anualmente um grande fluxo de visitantes de todas as partes do mundo. Além de possuir uma grande variedade de espécies de plantas, o local se destaca por suas belíssimas cerejeiras, que desabrocham durante os meses de abril e maio, criando um cenário incrível e inesquecível.

História

A ideia de criar um jardim botânico em Nova York surgiu no final do século XIX, período em que a cidade estava se expandindo de forma acelerada e as autoridades começaram a se preocupar em criar locais e espaços verdes por toda a cidade. Assim, em 1897, a prefeitura cedeu uma área de aproximadamente 39 hectares para a construção do Brooklyn Botanic Garden.

Projetado pela empresa The Olmsted Brothers, o jardim foi oficialmente fundado em 1910, sob a responsabilidade do Instituto de Artes e Ciência do Brooklyn. Durante as décadas seguintes, o local continuou sendo constantemente expandido e modernizado, até chegar ao seu tamanho atual, de cerca de 53 hectares.

Essas modernizações ocorreram principalmente durante os anos 90, quando diversas partes do jardim botânico foram reformadas, tornando o local ainda mais convidativo e interessante. Nos últimos anos, o jardim tem recebido quase um milhão de visitantes por ano, o que eleva o local a um dos jardins botânicos mais importantes do país.

O que ver no Brooklyn Botanic Garden?

Ao contrário do que muitos possam imaginar, o jardim é uma ótima opção de passeio em Nova York não apenas durante a primavera, mas em qualquer época do ano. Na primavera, o grande destaque do local fica por conta do Sakura Matsuri, um festival feito em homenagem ao desabrochar das cerejeiras, que inclui músicas e práticas orientais, o que costuma atrair muitos visitantes.

Nas outras estações do ano, os turistas ainda assim podem aproveitar para conhecer os pequenos jardins que compõe o local, como por exemplo, o Shakespeare Garden, o Nativa Flora Garden e o Japanese Hill, cada um deles responsável por exibir um estilo diferente de flores e plantas.

Para aqueles que visitam o local com crianças, uma das paradas imperdíveis é o espaço chamado Children's Garden, dedicado exclusivamente para os pequenos. Nele, as crianças aprendem um pouco sobre a importância das plantas e de seu cultivo, sendo assim um local interativo e que proporciona uma experiência bastante interessante.

Anterior
Bronx Zoo
Próximo
Brooklyn Bridge