Ellis Island

Ellis Island é uma ilha na baía de Nova York onde funcionou o mais movimentado posto de inspeção de imigrantes dos Estados Unidos entre 1892 e 1954, ou seja, foi pela Ellis Island que 12 milhões de imigrantes entraram na América

Ellis Island por Sue Waters (https://www.flickr.com/photos/suewaters/)

Endereço: 
Ellis Island, New York City
Ingresso: 
Gratuito

Na Ellis Island você poderá conhecer o Museu da Imigração que mostra exatamente como era o ambiente na época que em os imigrantes passavam por ali. É emocionante caminhar pelo museu, ver fotos e ouvir vozes de imigrantes reais e imaginar como era a chegada deles ao posto de imigração logo após vislumbrarem a Estátua da Liberdade dando as boas-vindas aos Estados Unidos na entrada da baia de Nova York.

História

A origem do nome do local vem de Samuel Ellis, um magnata que adquiriu a ilha ainda no século XVIII, em 1785. Anos mais tarde, a ilha voltou a pertencer ao governo, que decidiu manter o nome e utilizá-la como posto militar por quase cem anos.

Contudo, a Ellis Island é reconhecida principalmente por ter sido a maior porta de entrada para os imigrantes que chegavam nos Estados Unidos durante o final do século XIX e início do século XX, vindos de países como Itália, Irlanda e Inglaterra. Segundo os historiadores, entre os anos de 1892 e 1954, quase doze milhões de imigrantes europeus desembarcaram na ilha ao chegar no país, a procura de trabalho e melhores condições de vida.

Nos anos 90, o prédio que anteriormente era utilizado como um posto de exame para os imigrantes foi transformado em um museu, que nos dias de hoje é considerado a principal atração da ilha.

O que fazer na Ellis Island?

Para os turistas que desejam conhecer a ilha, o Museu Tenement, mais conhecido como Museu da Imigração, é uma parada imperdível, pois nele é possível descobrir mais sobre a história da cidade sob o olhar dos imigrantes, que tiveram um papel essencial na construção de Nova York como a conhecemos. A entrada do museu é gratuita, porém, os visitantes que quiserem podem pagar uma taxa e realizar uma visita guiada pelo local, que além de mais completa e explicativa, oferece uma experiência única.

Além do museu, a ilha possui uma vista diferenciada de Nova York, considerada uma das mais bonitas da cidade. Por todas essas razões, vale a pena visitar o local antes ou após o passeio pela Liberty Island.