O New York CityPASS vale a pena?

A resposta objetiva é sim, o New York CityPASS vale a pena sim, pois é muito prático e ajuda a economizar tempo e dinheiro. Consideramos o CityPASS a melhor opção para quem deseja conhecer os pontos turísticos mais famosos de Nova York

New York CityPASS

O New York CityPASS vale a pena sim, pois além de ser mais barato do que comprar ingressos individuais, agiliza a entrada nas atrações turísticas selecionadas por você.

Nós conhecemos e utilizamos o New York CityPASS há mais de dezessete anos e por isso recomendamos a compra com muita tranquilidade.

Mas o que é exatamente o CityPASS?

New York CityPASS é um talão com ingressos para 6 das melhores atrações turísticas de Nova York. Você compra este talão online no site oficial do CityPASS e recebe um voucher da compra. Então, quando estiver em Nova York, vai na primeira atração turística contemplada e troca o voucher pelo talão. A partir daí, você terá 9 dias para visitar as outras 5 atrações sem precisar enfrentar filas para comprar ingressos. É só diversão!

Quais atrações turísticas estão contempladas no CityPASS?

Você poderá visitar 6 atrações turísticas de Nova York nos dias e na sequência que desejar. O importante é fazer todos os passeios em 9 dias a partir da primeira utilização. E outra coisa: jamais destaque o ingresso do talão antecipadamente, apenas entregue o talão para o atendente da atração e ele, somente ele, retira o ingresso do talão.

Primeiro, vamos falar do Empire State Building. O CityPASS inclui o ingresso para duas visitas ao observatório do 86º andar no mesmo dia, uma visita durante o dia e outra a noite. Se você quiser visitar o observatório do 102º andar, poderá adquirir o ingresso complementar no 86º andar.

No American Museum of Natural History, você poderá acessar o museu e o Rose Center for Earth and Space e assistir o Space Show ou um filme em 2D ou 3D. Recomendamos fortemente assistir ao Space Show!

No Metropolitan Museum of Art, você pode entrar sem filas no museu e visitar o "The Met Breuer" e o "The Cloisters" no mesmo dia.

Agora você terá que fazer algumas escolhas... A primeira é entre o Guggenheim Museum ou Observatório do Top of the Rock. Você terá direito de escolher um dos dois.

A segunda é entre a Estátua da Liberdade (e Ellis Island) ou um Cruzeiro da Circle Line (do programa regular Landmark Cruise, Harbor Lights Cruise, Liberty Cruise or Landmark + Brooklyn Cruise, ou um passeio de 30 minutos na lancha The BEAST, uma lancha de corrida que faz manobras radicais no Hudson River em alta velocidade (disponível de Maio a Setembro). É importante registrar que o ingresso para a Estátua da Liberdade só dá direito a passear pela Liberty Island e não dá direito a entrar no pedestal da Estátua ou à coroa. Ainda assim, o passeio é incrível e dá o mesmo acesso que todo mundo tem ao parque da Estátua da Liberdade, possibilitando chegar bem perto da estátua e tirar fotos incríveis.

A terceira escolha é entre o Memorial & Museu do 11 de setembro ou o Intrepid Sea, Air & Space Museum.

Com isto, em resumo, o CityPASS contempla:

  • O Empire State Building
  • O American Museum of Natural History
  • O Metropolitan Museum of Art
  • O Guggenheim Museum ou o Top of the Rock
  • A Estátua da Liberdade ou um Cruzeiro Circle Line
  • O Museu 11 de Setembro ou o Intrepid Sea, Air & Space Museum

Estas são 6 atrações incríveis de Nova York.

E comprar o talão do CityPASS poderá gerar uma economia de até 42% sobre a compra individual dos ingressos.

O CityPASS oferece mais alguma coisa?

Folheie o talão e você encontrará cupons de descontos para tours guiados e compras na Macy's e Bloomingdale's, entre outros.

Como comprar o CityPASS?

Compre o talão de ingressos através do site oficial do CityPASS .

Após efetivar a compra, você receberá um voucher. Imprima-o e leve-o com você até a primeira atração turística contemplada. Ali você trocará o voucher pelo talão de ingressos que passará a ser utilizado nas próximas atrações.

Como usar o CityPASS?

O talão recebido em troca do voucher na primeira atração turística visitada deverá ser utilizado em até 9 dias, nas demais atrações escolhidas. Ao chegar em cada atração, exiba o talão para os funcionários na entrada e eles o encaminharão direto para a entrada, sem pegar filas. Para algumas atrações você terá que trocar o bilhete do CityPASS por um ingresso, mas isso geralmente é muito rápido. Na Estátua da Liberdade, quando fomos, havia uma cabine exclusiva do CityPASS. No Metropolitan Museum, havia funcionários do CityPASS percorrendo as filas e trocando os ingressos. Enfim, exiba os talões e você entrará mais rapidamente nas atrações.

Você pode visitar cada atração no dia e na sequência que desejar, desde que visite todos em até 9 dias.

Quando não vale a pena

Há duas situações em que o CityPASS não é vantajoso: primeiro, quando você compra o talão e vai a apenas algumas atrações. A segunda, quando você monta seus roteiros para visitar as atrações turísticas nos dias em que a entrada é gratuita ou mais barata. O problema desta segunda estratégia é que você ficará refém destas oportunidades e precisará visitar cada local no dia e horário mais barato, tirando totalmente sua liberdade de andar pela cidade e visitar suas atrações quando melhor lhe convier.

Por isso, nós compramos e recomendamos o CityPASS!

Tags: